Logo EPOP fundo transparente

Parceria democratiza acesso à tecnologia nas escolas de Mogi

Parceria democratiza acesso à tecnologia nas escolas de Mogi

Uma parceria firmada em 2023 pela Samsung SDS com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, município localizado na região metropolitana de São Paulo (SP), a 62 quilômetros da capital, tem democratizado o acesso à tecnologia nas escolas públicas municipais.

Através da parceria, o projeto viabilizou a entrega de dispositivos e soluções de tecnologia para todas as escolas do município. Atualmente, a rede municipal de ensino tem 8.586 dispositivos ativos e está em andamento um contrato de conectividade que levará 1 MB por aluno e período para todas as unidades municipais.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, foram investidos R$ 9 milhões em 4,5 mil chromebooks para alunos do ensino fundamental e professores. “Estamos levando oportunidade para mais alunos com novos equipamentos e conectividade”, disse a secretária adjunta da Pasta, Marilu Beranger, em nota divulgada pela Prefeitura.

Na visão do prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, é preciso investir em tecnologia desde a primeira infância pensando no futuro da cidade: “A proposta é estender essa parceria para outros segmentos, incluindo nosso hub de inovação e tecnologia”.

Antes do projeto, o trabalho era dividido entre o time de TI (Tecnologia da Informação) da Prefeitura e profissionais que atuavam na secretaria de educação do município. Até então, parte das escolas não tinha conectividade ou equipamentos adequados. Com parcerias estratégicas, a cidade passou a oferecer conectividade e equipamentos adequados a todas as escolas da rede municipal, dando continuidade ao processo de transformação digital, que inclui modernização, infraestrutura, secretaria de educação, atualização de plataformas de sistemas educacionais e de administração e suporte.

Cleiton Pacheco, gerente sênior de Vendas Públicas da Samsung SDS, conta que a companhia empenhou-se para vencer a licitação em Mogi, principalmente para poder cooperar com a inovação promovida pela cidade e também para ajudar a Secretaria de Educação no processo de transformação digital em um dos setores mais sensíveis da gestão pública no Brasil.

“É uma iniciativa da qual o município [Mogi das Cruzes] colhe frutos até hoje e continuará por muitos anos, uma vez que é um projeto evolutivo e ainda irá impactar a vida de muitos pedagogos, alunos e suas famílias”, afirma.

Projeto investe na relação dos professores com a tecnologia

Audrey Azoulay, diretora-geral da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), destaca que “a revolução digital contém um potencial imensurável […], que pode ser usado para melhorar as experiências de aprendizagem e para o bem-estar de alunos e professores”, conforme declaração publicada pelo site da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.

Para Azoulay, “é preciso colocar as necessidades do corpo discente em primeiro lugar e apoiar o corpo docente”, além de não esquecer que “as conexões on-line não substituem a interação humana”.

Nesse sentido, para Pacheco, vale citar que Mogi investiu na adaptação e no treinamento dos pedagogos em relação às mudanças e implementações tecnológicas para a sala de aula. “Houve um cuidado intenso com a abordagem realizada com o professor, justamente para que ele entendesse o poder e os benefícios da tecnologia para levar isso de maneira efetiva ao aluno”.

O gerente sênior de Vendas Públicas da Samsung SDS ressalta que o professor é a figura que modera, cuida e norteia o processo de aprendizado. Assim, para ele, é importante poder contar com o apoio do educador para que esse processo seja benéfico para todos. 

Principais resultados

Pacheco reforça que a parceria da Samsung SDS com o município de Mogi das Cruzes trata-se de um projeto de longo prazo. “O projeto é evolutivo e possui, entre outros diferenciais, a possibilidade de metrificar a evolução do aluno e de seu processo de aprendizado a partir da implementação de tecnologias”.

Entre os principais resultados observados, ele conta que o projeto democratiza o acesso à tecnologia para os alunos do município: “Mogi das Cruzes é um município extenso e muitas crianças moram em regiões isoladas, o que faz com que elas tenham um acesso mais reduzido à tecnologia”, pontua. “Hoje, com a implementação de internet (rede) e a entrega de chromebooks nas escolas, os alunos que residem em áreas mais afastadas têm o mesmo acesso à tecnologia do processo de aprendizado do que uma criança que mora em uma região central”, complementa.

Para concluir, o gerente sênior de Vendas Públicas da Samsung SDS também destaca que a parceria torna possível a abertura de um leque de possibilidades e sensação de liberdade para as crianças. “O estudante percebe que pode chegar a muitos lugares e que pode ser o que quiser, o que representa menos desigualdade e mais liberdade e novas perspectivas para crianças”. 

Segundo Pacheco, a introdução no ambiente digital é feita de maneira controlada e alinhada com as matérias da escola, o que acaba sendo mais saudável do que o contato da criança com a internet quando feita por um celular, por exemplo. “Como resultado, temos crianças inspiradas e com horizontes expandidos”, finaliza.

Para mais informações, basta acessar: https://www.samsungsds.com/la/index.html

© 2024 EPOP copyright all right reserved.