Logo EPOP fundo transparente

Uso de IA é tendência para criar estratégias de marketing

Uso de IA é tendência para criar estratégias de marketing

A Inteligência Artificial (IA) tem se mostrado como uma das tecnologias mais disruptivas para ser utilizada em diversos segmentos de mercado. Além das utilizações destacadas por ferramentas de criação de conteúdo, como textos e imagens, mais recentemente algumas tecnologias de IA também mostraram potencial para estratégias de marketing e área comercial, como a captação de leads. A pesquisa Panorama do Marketing, da RD Station, destaca, com altos índices, a popularização da IA nessas operações. 

De acordo com os dados, o ChatGPT, por exemplo, já faz parte da rotina de 59% dos profissionais da área. Já entre as dores mais comuns na hora da execução de estratégias, aumentar a conversão de leads ou engajamento dos contatos é a mais frequente. Entre as principais tendências que merecem aposta, o panorama elenca a utilização de IA em primeiro lugar, sendo a resposta de 73% dos profissionais entrevistados.

Para Rômulo Teodoro, analista de Configuração e Mudança da Globalweb, empresa especializada no desenvolvimento de softwares para negócios, a IA está mudando a maneira como as empresas identificam e se conectam com seu público-alvo. “Por meio da análise de dados demográficos, machine learning, análises comportamentais e até mesmo sociais, há como criar perfis detalhados dos clientes ideais, as vantagens podem ser de grande valia quando se fala em produção de leads em massa”, comenta. 

Em consonância, a pesquisa da RD Station também evidencia que a qualificação de leads para vendas faz parte das estratégias mais utilizadas pelos times de marketing. “Algoritmos de IA podem analisar dados para identificar grupos de consumidores com interesses semelhantes. Isso permite que as empresas personalizem suas mensagens e ofertas, direcionando-as de forma mais eficaz para os públicos-alvo corretos”, pontua o especialista da Globalweb.

Chatbots e automação

A utilização de chatbots para atendimento ao cliente já é uma realidade para grandes empresas internacionais e vem sendo implementada gradualmente também no Brasil. Entre as ações conversacionais destacadas pelos profissionais da área na pesquisa Panorama do Marketing, apenas 22% alegam utilizar chatbots de atendimento.

Rômulo explica que essa ferramenta pode ser usada para responder a perguntas frequentes, guiar os clientes pelo processo de compra e fornecer informações sobre produtos: “Além disso, a IA por trás dos chatbots pode coletar dados valiosos de contato, comportamento e necessidades dos clientes”. 

A automação de alguns processos internos também têm pairado entre os principais interesses das organizações. Segundo números apresentados pela IBM em 2022, 41% dos profissionais de TI no país informam que suas empresas estão “treinando e ‘retreinando’” os funcionários para trabalhar em conjunto com novas ferramentas/softwares de automação e IA. O estudo destaca ainda que 26% mencionam que seus colaboradores já estão economizando tempo colocando em prática essas ações. 

Para Rômulo Teodoro essa tendência também pode ajudar a economizar tempo e recursos, direcionando os esforços de vendas, por exemplo, para onde são mais eficazes. Ele afirma que “a automação de vendas, impulsionada pela IA, permite que as empresas identifiquem leads com base em critérios específicos. Além disso, os algoritmos podem avaliar o grau de interesse dos leads, priorizando aqueles mais propensos a realizar uma compra”. 

O especialista da Globalweb ainda enfatiza que a IA é uma ferramenta que está em plena ascensão e vai impactar radicalmente o futuro do mercado de vários setores, de serviços básicos a avançados, mas que o uso ético e profissional é essencial para garantir um relacionamento duradouro com os clientes.

Para saber mais, basta acessar: Inova.global – Canal de conteúdo da Globalweb.

© 2024 EPOP copyright all right reserved.