Novo relatório da KnowBe4 mostra aumento significativo nos ataques ao setor público em 2023

A KnowBe4, provedor do maior treinamento de conscientização em segurança e plataforma de simulação de phishing do mundo, divulgou seu relatório sobre os crimes cibernéticos mais populares e prolíficos de 2023, com foco no setor público. O relatório examina tendências, estatísticas e exemplos da vida real em se tratando de criminalidade cibernética em escala mundial, bem como desmembra a mesma por países e regiões específicos, enquanto indica possíveis defesas para proteger contra isto.

O setor público está se convertendo em um alvo cada vez mais atrativo para criminosos cibernéticos ao redor do mundo. Isto não é nenhuma surpresa, uma vez que as agências governamentais e os serviços do setor público retêm dados pessoais da imensa maioria das pessoas, informações que são valiosas aos criminosos cibernéticos.

O relatório está repleto de fatos e estatísticas surpreendentes que ressaltam o forte aumento dos ataques cibernéticos neste sector. Alguns deles incluem:

  • Os ataques cibernéticos contra agências governamentais e serviços do setor público aumentaram 40% no segundo trimestre de 2023 quando comparado com o primeiro
  • Agências governamentais e advocacias jurídicas experimentaram o maior aumento nos ataques de ransomware, com 95% no terceiro trimestre de 2023
  • Os ataques de ransomware a nível mundial aumentaram 95% no terceiro trimestre de 2023 quando comparado com o mesmo período de 2022
  • O custo de uma violação de dados aumentou 15% em três anos
  • A IA generativa está sendo cada vez mais adotada por criminosos cibernéticos para criar ataques sofisticados de engenharia social

Em nossa era digital atual, táticas comuns e constantemente atualizadas de engenharia social, como phishing, vishing, spear phishing e smishing, continuam sendo as táticas mais populares e eficazes utilizadas pelos criminosos cibernéticos para ter acesso a sistemas e iniciar seus ataques. Há uma necessidade crucial de intensificar o aspecto humano da segurança cibernética em organizações por meio de um treinamento abrangente de conscientização para segurança. É um fato inegável que os funcionários, a última linha de defesa, podem inadvertidamente se tornar o elo mais fraco da cadeia de segurança.

“Mediante iniciativas adequadas de treinamento, esta abordagem direta e econômica pode neutralizar com eficácia as táticas de engenharia social”, disse Stu Sjouwerman, Diretor Executivo da KnowBe4. “Contudo,àmedida que cresce a sofisticação dos ataques concebidos para explorar o fator humano, o reforço contínuo de uma intensa cultura de segurança é uma ferramenta indispensável para uma defesa digital duradoura e continuidade operacional.”

Para baixar uma cópia do relatório da KnowBe4 sobre crimes cibernéticos no setor público, clique aqui .

Sobre a KnowBe4

KnowBe4, fornecedora da maior plataforma de treinamento de conscientização em segurança e de phishing simulado do mundo, é usada por mais de 65.000 empresas do mundo inteiro. Fundada pelo especialista em TI e em segurança de dados Stu Sjouwerman, a KnowBe4 ajuda empresas a lidar com o elemento humano da segurança, aumentando a conscientização sobre o ransomware, fraudes de CEOs e outras táticas de engenharia social por meio de uma abordagem nova para o treinamento de conscientização sobre segurança. O falecido Kevin Mitnick, reconhecido internacionalmente como um especialista em segurança cibernética e diretor de hacking da KnowBe4, ajudou a projetar o treinamento da KnowBe4 com base em suas bem documentadas táticas de engenharia social. As empresas confiam na KnowBe4 para mobilizar os seus usuários finais como última linha de defesa e confiam na plataforma KnowBe4 para fortalecer a sua cultura de segurança e reduzir o risco humano.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Para mais informação, entre em contato com Kathy Wattman em [email protected] | 727-474-9950.


Fonte: BUSINESS WIRE