Logo EPOP fundo transparente

Nexxera desenvolve solução unificada para acesso ao crédito

Nexxera desenvolve solução unificada para acesso ao crédito

A nova plataforma de registro e crédito lançada pela Nexxera foi apresentada este ano no evento B1 da SAP, em São Paulo, onde foi demonstrado o serviço oferecido desde a originação de uma nota fiscal dentro da plataforma SAP Business One, com pré-registro automático realizado on-line no SPC Grafeno, e antecipada dentro do marketplace de crédito da Nexxera, com a escolha do financiador, prazo e a liberação do recurso em apenas alguns minutos. 

A Nexxera acredita que a nova plataforma promoverá uma maior redução de perdas, riscos, custos, tempo, pessoal e processos, ampliando a oferta de crédito como forma contributiva para o crescimento dos resultados e das empresas. 

Para Edson Silva, presidente e também um dos fundadores da Nexxera, a empresa vem ampliando as camadas de produtos e serviços para apoiar o crescimento sustentável de ecossistemas produtivos e de qualquer porte de empresa. O empresário lembra que o acesso ao crédito é um processo muitas vezes demorado e exige garantias que nem sempre estão disponíveis. 

“Um outro ganho da plataforma é que as ofertas simplificam as garantias, proporcionando maior oferta e acesso ao crédito com menor risco, explica Silva.

Edson destaca que outro diferencial importante da plataforma é o Life Cycle Monitoring (LFC), ou monitoramento do ciclo de vida, das notas fiscais e respectivas duplicatas.

O empresário explica que o LFC garante a unicidade da duplicata, autenticação do fornecedor e comprador, entrega, recebimento, aceite com eventuais abatimentos, cancelamentos e deduções, como também a gestão da liquidação parcial ou completa liquidação, e a cessão desburocratizada para programas de crédito, integrada a todo sistema financeiro.

Conformidade com a nova legislação

A nova tecnologia desenvolvida pela Nexxera garante conformidade com a Lei 13.775, que será implementada pelo Banco Central (BC) e prevê a substituição das duplicatas tradicionais por duplicatas eletrônicas, também chamadas de duplicatas escriturais.

O processo de regulamentação da nova legislação teve início em 2020 e, após aprimoramento de regras apresentados pelo BC e Conselho Monetário Nacional (CMN), encontra-se em processo de aprovação da convenção das escrituradoras para começar a operação das duplicatas digitais.

Para Silva, regulamentações como a da Lei 13.775 são importantes por atenderem uma necessidade do mercado em buscar mais segurança e transparência nas operações financeiras. 

Para saber mais, basta acessar: www.nexxera.com

© 2024 EPOP copyright all right reserved.