Logo EPOP fundo transparente

Pazzei cria modelo de estudo para alunos do Ensino Médio

Pazzei cria modelo de estudo para alunos do Ensino Médio
Pazzei cria modelo de estudo para alunos do Ensino Médio

Na busca pela otimização dos métodos de estudo, muitos estudantes têm migrado para abordagens mais dinâmicas e eficientes. Neste contexto, há o modelo de estudos baseado em questões, como o oferecido pela plataforma Pazzei. O site permite o acesso a uma vasta base de dados, contendo mais de 150 mil questões provenientes dos principais vestibulares e do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Todas as questões são detalhadamente resolvidas e comentadas por uma equipe especializada de professores.

Utilizando dispositivos como smartphones, tablets ou notebooks, é possível criar listas de exercícios personalizadas – os estudantes podem filtrar as questões conforme suas necessidades, escolhendo por matéria, tema, instituição, tipo de questão, entre outros critérios.

Além da criação de listas personalizadas, a plataforma permite que os alunos realizem provas completas de anos anteriores dos vestibulares desejados, incluindo as edições passadas do Enem. A análise de desempenho, neste contexto, pode ser uma peça fundamental nesse processo e relatórios detalhados podem fornecer uma visão clara da performance do aluno em temas e assuntos específicos de cada matéria.

A comparação do desempenho nas listas resolvidas pelos estudantes, neste sentido, pode oferecer alguns insights, indicando precisamente as áreas que demandam maior atenção e aprimoramento. Um elemento crucial para o sucesso dessa abordagem é a atualização diária do banco de questões. Para o CEO do Pazzei, Harrisson Brait, “esta prática contínua mantém o conteúdo relevante e alinhado com as demandas em constante evolução dos vestibulares e processos seletivos”.

O CEO do Pazzei, Harrisson Brait, diz que a plataforma teve origem a partir da observação da dinâmica diária de uma escola dedicada à preparação intensiva para os principais vestibulares do país, incluindo o Enem. 

“O Pazzei surge de uma pergunta: ‘O que uma prova, simulado ou lista de exercícios pode revelar sobre o desempenho de um aluno?’”, diz ele. “Imersos na dinâmica diária de uma escola com foco expressivo na preparação para os principais vestibulares do país, assim como para o Enem, observamos atentamente o padrão de estudos dos alunos dedicados à busca pela alta performance.”

Brait destaca que, sob a orientação dos professores e coordenação, o esforço concentrava-se na elaboração de listas de questões direcionadas aos vestibulares específicos em que os alunos estavam se preparando. 

De acordo com ele, uma característica importante da plataforma é que ela “não se limita à escolha criteriosa das questões”, estendendo-se, também, à análise pós-resolução. “A partir dos resultados obtidos nessas listas, tanto alunos quanto professores podem desenvolver um planejamento de estudos mais estratégico, identificando pontos fortes e áreas que demandam maior atenção”, explica. 

Brait explica que um aspecto crucial é a retenção de informações, já que a utilização do teste ativo, como ocorre em provas e simulados, favorece uma aprendizagem mais duradoura em comparação com métodos passivos. 

“Além disso, a realização de exercícios cria um efeito de teste que reforça significativamente o aprendizado, onde a prática repetida ao enfrentar avaliações contribui para consolidar o conhecimento ao longo do tempo”, completa.

Para saber mais, basta acessar: www.pazzei.com.br

© 2024 EPOP copyright all right reserved.