Logo EPOP fundo transparente

Embalagens retornáveis podem eliminar 1 trilhão de garrafas e copos descartáveis

WASHINGTON, Nov. 14, 2023 (GLOBE NEWSWIRE) —  Um novo relatório destaca a necessidade urgente das embalagens retornáveis de bebidas como solução para a crise global do plástico. Produzido pela Oceana, organização que trabalha pela proteção dos mares, o estudo mostra que um aumento de apenas 10 pontos percentuais de embalagens retornáveis de bebidas até 2030 poderia eliminar mais de 1 trilhão de garrafas e copos plásticos descartáveis e evitar que até 153 bilhões desses recipientes poluam oceanos e rios em todo o mundo. O volume desse 1 trilhão de garrafas e copos não produzidos, empilhados um em cima do outro, equivaleàdistância de ida e voltaàlua mais de 300 vezes.

Os líderes globais de bebidas, incluindo Coca-Cola e PepsiCo, possuem amplos sistemas de reuso já estabelecidos em todo o mundo e se comprometeram a aumentar em pelo menos 10 pontos percentuais o volume de bebidas vendidas em embalagens reutilizáveis até 2030. A Oceana ressaltou que essas empresas devem cumprir essas promessas e que todo o setor precisa se comprometer verdadeiramente com a reutilização, em detrimento da manutenção dos itens de uso único, para que possamos enfrentar a crise da poluição plástica que afeta os oceanos.

A embalagem retornável é uma solução circular comprovada que pode reduzir de forma significativa e rápida a quantidade de garrafas e copos plásticos produzidos que chegam aos oceanos. Outras ideias também promovidas pelas empresas de bebidas – como a adição de material reciclado às novas garrafas de plástico – não podem ser encaradas como solução principal, sem que se pense em reuso.

“Apesar de todos os nossos esforços, enormes quantidades de plásticos continuam a inundar nossos oceanos, alerta Matt Littlejohn, vice-presidente sênior de Iniciativas Estratégicas da Oceana. “Estimamos que uma pilha de embalagens plásticas de uso único utilizadas pelo setor de bebidas, somente em 2022, poderia ir até o sol e voltar. Adicionar material reciclado a garrafas e copos não irá abalar esta torre de plástico descartável. A maneira de realmente fazer a diferença é substituir o plástico de uso único por embalagens reutilizáveis. Precisamos que empresas e governos parem de apostar apenas em reciclagem e priorizem a expansão e o restabelecimento de sistemas de embalagens reutilizáveis. Com esta verdadeira solução circular, podemos reduzir drasticamente a quantidade de resíduos plásticos que acabam nos nossos oceanos, nos estômagos de baleias e tartarugas, e nas nossas praias.”

O relatório revela a presença significativa de sistemas de embalagens reutilizáveis em grande escala em todo o mundo – inclusive nas Filipinas, onde 40% do volume de todas as bebidas não alcoólicas embaladas vendidas estão em garrafas reutilizáveis. Além disso, o relatório destaca vários sistemas promissores de copos reutilizáveis em larga escala atualmente disponíveis nos Estados Unidos e na Europa. Eles já foram adotados por grandes empresas e organizações como a Live Nation, que recentemente anunciou que está mudando para o sistema de copos reutilizáveis em muitos dos seus festivais e locais para reduzir seu impacto ambiental. A fornecedora francesa Re-uz será a parceira de delivery dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2024, confirmando seu compromisso de reduzir pela metade a pegada de plástico de uso único dos Jogos de Paris em comparação com os Jogos de Londres de 2012.

“As empresas têm a responsabilidade de aumentar o uso de embalagens retornáveis em substituição às embalagens descartáveis”, acrescentou Dana Miller, diretora de Iniciativas Estratégicas da Oceana. “Nossos oceanos não podem mais esperar. Precisamos de soluções reais e comprovadas, como a reutilização, que podem reduzir o plástico de uso único e a poluição plástica marinha em grande escala agora mesmo”.

Contatos: Gillian Spolarich ([email protected])
Anna Baxter ([email protected])

Link aso Ativos de Mídia 


Primary Logo

GLOBENEWSWIRE (Distribution ID 8979459)

© 2024 EPOP copyright all right reserved.