SLB lança solução de detecção e classificação de armazenamento de carbono

A SLB (NYSE: SLB) lançou hoje sua solução de detecção e classificação de armazenamento de carbono que aumenta a confiança nas decisões de seleção de locais com base na análise científica da integridade a longo prazo e do potencial econômico de um ativo.

A solução ajuda os clientes a evitar locais de armazenamento abaixo do ideal com fatores de risco que podem desperdiçar tempo e recursos valiosos, bem como diminuir a probabilidade de um projeto de captura, utilização e armazenamento de carbono (CCUS) chegaràdecisão final de investimento (FID).

“A CCUS é uma das oportunidades mais imediatas para reduzir as emissões, mas deve aumentar de 100 a 200 vezes em menos de três décadas para ter o impacto esperado nas ambições mundiais de emissões ‘net zero’”, disse Frederik Majkut, vice-presidente sênior de Soluções de Carbono para o negócio de Novas Energias da SLB. “Garantir que um local de armazenamento seja mais seguro e econômico é crucial para a velocidade, escala e investimento necessários a fim de promover significativamente o crescimento da CCUS para um ecossistema energético de baixo carbono.”

A solução de detecção e classificação utiliza dados técnicos e não técnicos para fornecer uma avaliação detalhada da capacidade e viabilidade econômica dos locais de armazenamento, ao mesmo tempo que identifica riscos potenciais. Uma comparação de referência, extraída de projetos de armazenamento bem-sucedidos ao redor do mundo, é criada para fornecer uma base relativa para a classificação de cada local.

A SLB utiliza ferramentas próprias, complementadas por fluxos de trabalho avançados habilitados digitalmente, para fornecer um processo rápido, rastreável e consistente para validar os dados, com ênfase na identificação de riscos mediante a análise de sensibilidade e incerteza.

Em Trinidad e Tobago, a SLB colaborou com um cliente para detectar e classificar possíveis locais de armazenamento, antes de uma rodada programada de licenciamento de exploração e produção offshore e armazenamento de carbono. A SLB avaliou locais de armazenamento em três províncias geográficas, usando 67 critérios-chave do fluxo de trabalho patenteado da SLB para avaliar locais potenciais. Em seguida, realizou uma análise de sensibilidade para compreender a influência de diversos atributos e propriedades do local nos resultados da classificação. O desempenho dos locais foi comparado com os atributos das bacias de armazenamento de carbono nos Estados Unidos e na Europa.

Usando simulações de Monte Carlo para avaliar mais de 2 mil iterações, a SLB classificou os locais do cliente do melhor ao pior. O processo permitiu ao cliente priorizar áreas com características privilegiadas de subsuperfície e superfície, bem como zonas de classificação elevada para avaliação e investimento mais detalhados.

O anúncio de hoje foi feito no âmbito da ADIPEC, uma plataforma internacional que une a indústria para acelerar ações urgentes, coletivas e responsáveis para descarbonizar o nosso sistema energético de forma mais rápida e preparada para o futuro, que terá lugar em Abu Dhabi (EAU) até 5 de outubro.

Para mais informações sobre a solução de classificação e armazenamento de carbono, acesse slb.com/carbon-storage-screening-ranking.

Sobre a SLB

A SLB (NYSE: SLB) é uma empresa internacional de tecnologia que impulsiona a inovação energética para um planeta equilibrado. Com uma presença mundial em mais de 100 países e uma equipe de trabalho que representa quase o dobro das nacionalidades, trabalhamos todos os dias na inovação do petróleo e do gás, no fornecimento digital em escala, na descarbonização das indústrias e no desenvolvimento e expansão de novos sistemas energéticos que aceleram a transição energética. Saiba mais em slb.com.

Nota de advertência sobre declarações prospectivas: este comunicadoàimprensa contém “declarações prospectivas” dentro do significado das leis federais de valores mobiliários dos EUA – ou seja, declarações sobre o futuro, não sobre eventos passados. Essas declarações geralmente contêm palavras como “esperar”, “pode”, “estimar”, “pretender”, “antecipar”, “irá”, “potencial”, “projetado” e outros termos semelhantes. As declarações prospectivas tratam de assuntos que são, em vários graus, incertos, como previsões ou expectativas em relaçãoàimplementação ou benefícios previstos das novas tecnologias e parcerias da SLB; declarações sobre metas, planos e projeções em matéria de sustentabilidade e meio ambiente; previsões ou expectativas em relaçãoàtransição energética e às mudanças climáticas globais; e melhorias nos procedimentos operacionais e na tecnologia. Estas declarações estão sujeitas a riscos e incertezas, incluindo, entre outros, a incapacidade de alcançar os objetivos de emissões líquidas negativas de carbono; a incapacidade de reconhecer os benefícios previstos de estratégias, iniciativas ou parcerias da SLB; iniciativas legislativas e regulatórias que abordam preocupações ambientais, incluindo iniciativas que abordam o impacto das mudanças climáticas globais; o momento ou recebimento de aprovações e permissões regulatórias; e outros riscos e incertezas detalhados nos registros públicos das empresas, incluindo os mais recentes Formulários 10-K, 10-Q e 8-K da Schlumberger arquivados ou fornecidosàComissão de Valores Mobiliários (SEC) dos EUA. Se um ou mais desses ou outros riscos ou incertezas se materializarem (ou as consequências de tais mudanças de desenvolvimento), ou se as suposições subjacentes se mostrarem incorretas, os resultados reais podem variar materialmente daqueles refletidos em nossas declarações prospectivas. As declarações prospectivas são válidas apenas na data deste comunicadoàimprensa e a SLB se isenta de qualquer intenção ou obrigação de atualizar publicamente ou revisar tais declarações, seja como resultado de novas informações, eventos futuros ou outros.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Imprensa

Moira Duff – Diretora de Comunicação Externa

SLB

Tel.: +1 (713) 375-3407

E-mail: [email protected]

Investidores

James R. McDonald – Vice-presidente de Relações com Investidores

Joy V. Domingo – Diretora de Relações com Investidores

SLB

Tel.:+1 (713) 375-3535

E-mail: [email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE