Logo EPOP fundo transparente

Dia do cardiologista é comemorado em 14 de agosto

Dia do cardiologista é comemorado em 14 de agosto
Dia do cardiologista é comemorado em 14 de agosto

A próxima segunda-feira, 14 de agosto, marca o Dia do cardiologista. A data foi estabelecida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2007, como uma forma de valorizar este profissional e relembrar a importância da saúde do coração, além de coincidir com a fundação da própria SBC, em 1943. A saúde do coração é um assunto que merece atenção, pois as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil e no mundo, segundo dados da própria sociedade. Cerca de 14 milhões de brasileiros têm alguma doença no coração e cerca de 400 mil morrem por ano em decorrência dessas enfermidades, o que corresponde a 30% de todas as mortes no país. Por isso se faz tão importante o hábito de se consultar com o especialista em saúde do coração e dos vasos sanguíneos.

O cardiologista é o profissional que pode identificar, prevenir e tratar problemas cardíacos, como arritmias, pressão alta, infarto, insuficiência cardíaca, entre outros. Ele também pode orientar sobre os fatores de risco e os hábitos saudáveis que podem proteger o coração, como alimentação equilibrada, atividade física regular, controle do estresse e do tabagismo.

“Para viver uma vida saudável e plena, é fundamental investir em cuidados com a saúde em geral, mas principalmente, com o coração”, lembra o Dr. Rizzieri Gomes, médico cardiologista, focado na mudança do estilo de vida (MEV) de seus pacientes. “Vale sempre lembrar que trata-se do órgão que bombeia sangue para todo o organismo, logo, é ele que mantém a vida das pessoas”, acrescenta.

A consulta com o cardiologista é indicada principalmente quando a pessoa apresenta sintomas como dor no peito, palpitações, falta de ar, cansaço excessivo, tonturas ou desmaios. Além disso, é recomendado fazer uma avaliação cardiológica anualmente a partir dos 45 anos para os homens e dos 50 anos para as mulheres, ou antes se houver histórico familiar de doenças cardiovasculares.

O cardiologista pode solicitar e realizar diversos exames para verificar o funcionamento do coração, como eletrocardiograma, ecocardiograma, teste ergométrico e ressonância magnética. Esses exames podem detectar alterações nas estruturas, no ritmo e na função do coração, além de avaliar o fluxo sanguíneo nas artérias coronárias.

Ao se consultar com um cardiologista, pode-se obter um diagnóstico preciso e um tratamento adequado para cada condição, além de receber orientações personalizadas sobre como cuidar melhor da saúde cardiovascular e evitar complicações futuras. 

Um momento apontado pelo Dr. Rizzieri como uma ferramenta poderosa para detectar problemas cardíacos precocemente é prestar atenção ao corpo durante a prática de exercícios físicos. Segundo o especialista, estes são cinco sintomas que podem indicar problemas cardíacos durante o esforço físico:

1 – Dor ou desconforto no peito: é preciso ficar atento(a) a sensações de aperto, pressão ou queimação.

2 – Falta de ar: a sensação de estar ofegante mesmo com um esforço leve pode ser um sinal de alerta.

3 – Palpitações: um ritmo cardíaco irregular ou acelerado durante o exercício.

4 – Tontura ou desmaio: sentir vertigem ou desmaiar durante o esforço físico.

5 – Fadiga extrema: a sensação de esgotamento rapidamente, mesmo em atividades moderadas, merece atenção.

© 2024 EPOP copyright all right reserved.