Logo EPOP fundo transparente

Gestão de tráfego impulsiona lançamentos musicais no Brasil

Gestão de tráfego impulsiona lançamentos musicais no Brasil
Gestão de tráfego impulsiona lançamentos musicais no Brasil

Recentemente, um novo tipo de profissional tem se destacado nos lançamentos musicais. Trata-se do gestor de tráfego, responsável por planejar e executar as estratégias de anúncios pagos para a divulgação de músicas. Esse profissional detém amplo conhecimento do funcionamento dos algoritmos de redes sociais e plataformas de streaming e tem colocado esses conhecimentos à disposição de artistas e bandas, com foco na promoção de seus lançamentos.

Na era da música digital, a busca por destaque no cenário musical independente ganha contornos desafiadores, onde se destacar exige não apenas talento musical, mas também uma estratégia sólida de marketing. Assim, o papel do gestor de tráfego em um lançamento musical tornou-se essencial para garantir visibilidade e alcance, sobretudo num contexto geral de baixa entrega orgânica nas redes sociais.

Vive-se na era dos algoritmos, onde as interações e o consumo de conteúdos nas redes sociais e plataformas de streaming são transformados em dados e, posteriormente, disponibilizados aos anunciantes. Esse nível de conhecimento acerca dos usuários permite aos anunciantes a criação de campanhas mais sofisticadas do ponto de vista da segmentação, podendo impactar positivamente os resultados na medida em que mostra para cada usuário os conteúdos que são, possivelmente, de seu interesse.

Papel do Gestor de Tráfego

O gestor de tráfego é o profissional encarregado de direcionar as estratégias de publicidade utilizando anúncios pagos nas redes sociais para maximizar o alcance de um certo conteúdo, nesse caso, uma música. Seu trabalho vai além de simplesmente criar anúncios. Ele emprega uma compreensão das nuances das plataformas digitais e algoritmos para alcançar o público certo.

Lançar uma música é muito mais do que disponibilizá-la em plataformas de streaming. É criar um buzz, uma expectativa entre os fãs e despertar interesse do público em geral. É aqui que o gestor de tráfego entra em ação, traçando uma estratégia para aumentar a visibilidade do lançamento, tanto para fãs, quanto para públicos que ainda não conhecem o artista.

O gestor de tráfego utiliza dados demográficos, comportamentais e de interesse para definir o público-alvo ideal. Isso vai muito além de simplesmente escolher idade e gênero. Ele identifica os grupos mais propensos a apreciar o estilo da música e direciona os anúncios especificamente para essas pessoas.

É importante destacar também o papel do machine learning (aprendizado de máquina) nesse processo. As ferramentas de anúncios (se bem configuradas) têm a capacidade de reconhecer padrões e aprender com os dados, o que se reflete em um refinamento desse público e na criação de públicos semelhantes. Esse aprendizado acumulado ao longo do tempo e dos lançamentos permite a criação de campanhas cada vez mais inteligentes.

Além de definir o público, o gestor de tráfego desenvolve anúncios envolventes e impactantes. Ele seleciona as melhores imagens, textos e formatos para atrair a atenção e estimular a interação. Utilizando testes A/B e monitoramento constante, ele ajusta os anúncios conforme o desempenho, garantindo o máximo retorno sobre o investimento.

Nas redes sociais e plataformas de streaming, o alcance orgânico muitas vezes é insuficiente para atingir uma audiência significativa. É aqui que entra o tráfego pago. O gestor aloca o orçamento de forma inteligente, garantindo que os anúncios sejam exibidos para as pessoas certas, aumentando exponencialmente o alcance.

Segundo Paulo Souto, sócio fundador da agência Vitrola Play e especialista em tráfego pago para artistas e bandas: “O papel do tráfego pago é garantir que a música chegue às pessoas certas, na rede social e formato certos, no momento certo, otimizando o investimento em mídia.”

Estratégia Aplicável a Artistas Independentes

É importante esclarecer que essa estratégia não serve apenas para lançamentos com investimentos milionários dos artistas que pertencem ao chamado “mainstream”, mas que as mesmas ferramentas e técnicas estão à disposição de artistas independentes e para lançamentos com orçamentos reduzidos.

Ainda de acordo com Paulo Souto, é preciso “ter foco na construção de audiência engajada e na base de fãs”. Essa abordagem é completamente diferente daquela adotada por outras agências, cujo foco é principalmente o número de visualizações e plays. “Esta abordagem com base apenas em números, diga-se de passagem, é obsoleta e prejudicial, à medida em que favorece uma indústria de números artificiais, bem como um ambiente altamente competitivo e predatório entre os artistas”, conclui o especialista em tráfego pago para lançamentos musicais.

Mambo Só – Zeca Baleiro e Edson Cordeiro

Nesse contexto, é interessante citar o case do último lançamento da Vitrola Play, um feat de Zeca Baleiro e Edson Cordeiro. Nesse lançamento de Mambo Só, a agência desenvolveu e executou a estratégia de tráfego pago, com estudo de públicos e desenvolvimento de anúncios. O resultado desse trabalho, para além dos números alcançados (cerca de 50 mil novos ouvintes em apenas 2 semanas), tem se refletido em engajamento real de novos fãs (inscritos e seguidores), ativo verdadeiramente valioso para os artistas em questão.

Conhecer a jornada do fã, desde o momento da descoberta até o aprofundamento desse relacionamento com o artista, permite a criação de melhores estratégias de marketing, com foco não só na atração, como também na retenção e na monetização dessa audiência.

Todavia, é quase que humanamente impossível um artista dar conta de todas as demandas que permeiam um lançamento musical: composição, arranjos, gravação, mix, master, redes sociais, distribuição, marketing, etc. Nesse contexto, pode ser interessante para o artista poder contar com um gestor de tráfego, delegando as tarefas de cunho tecnológico, de modo a lhe sobrar tempo para a criação de sua arte.

No mundo atual, onde a atenção do público é um recurso valioso e disputado pelas marcas em geral, o papel do gestor de tráfego em um lançamento musical é garantir que a música receba destaque entre tantas pautas e assuntos concorrentes. Sua capacidade de direcionar anúncios com base em dados, interesses, hábitos de consumo e compreensão algorítmica, pode aumentar significativamente a chance de sucesso de uma campanha publicitária em um lançamento musical.

© 2024 EPOP copyright all right reserved.